O Processo de Internacionalização de uma Empresa Familiar na Europa

Waldir Goede

Resumo


O artigo tem como objetivo contribuir para a literatura sobre a internacionalização de empresas familiares e analisar como o comprometimento familiar influencia o processo de internacionalização de uma empresa familiar brasileira de grande porte, do segmento têxtil, a Karsten S.A. A pesquisa qualitativa apoia-se na técnica do estudo de caso único longitudinal, baseado em entrevistas em profundidade (Storytelling) e triangulação de dados. Os dados primários foram coletados por meio de entrevistas pessoais semiestruturadas com o presidente e o vice-presidente do conselho de administração, diretor comercial, diretor europeu e gerente de exportação; e os dados secundários foram provenientes de fonte documental e científica no site da empresa, relatório anual e balanços, livros, artigos e teses. Verifica-se, analisando a empresa pesquisada, que o comprometimento da família influencia o processo de internacionalização pela pró-atividade de seus fundadores, ascendente pela sua origem europeia. Este processo teve a particularidade de ser iniciado por um membro não familiar. Os achados corroboram com as características preconizadas pelos teóricos da Escola Nórdica, em que a internacionalização ocorre de forma oportunista e em estágios, por meio da aprendizagem incremental sobre os mercados externos e o estabelecimento de networks.

Palavras-chave: Empresas familiares. Internacionalização. Comprometimento. Familiness.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.