A Difusão da Produção Científica Brasileira, a Expansão da Língua Portuguesa e o Uso de Tradutores Eletrônicos: uma análise exploratória.

Margarete Belle

Resumo


A expansão da produção científica brasileira em nível global teve um aumento significativo nos últimos anos, juntamente com a internacionalização das instituições de ensino superior e a consequente expansão da língua portuguesa. Considerando a impossibilidade de leitura em língua portuguesa e a utilização de tradutores eletrônicos para promover o entendimento desta produção científica internacional, a pergunta norteadora deste estudo refere-se à qualidade da tradução oferecida pelo tradutor eletrônico do Google, no que tange a sua equivalência em relação à língua original e a língua alvo do artigo em questão. O estudo foca especificamente na relação direta e indireta entre substantivos e adjetivos e se há relação entre essa ordem e a equivalência da tradução entre as duas línguas. O referencial teórico aborda temas referentes à internacionalização da IES, a expansão da produção científica brasileira e da língua portuguesa e os tradutores eletrônicos. Os dados da pesquisa foram submetidos a uma análise exploratória e foi utilizado o teste de qui-quadrado. Os resultados demonstraram que houve associação entre o tipo de expressão, se é direta ou indireta, e a acuracidade da tradução.

Palavras-chave: Produção Científica Brasileira. Expansão da Língua Portuguesa. Tradutores Eletrônicos. Relação substantivo-adjetivo. Internacionalização.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.