Depreciação do Ativo Imobilizado: um estudo a respeito do grau de conhecimento dos profissionais de contabilidade das cidades de Itajaí e Navegantes - SC

José Carlos Terres, Daiana Luiza Correa, Graziela Maria da Costa, Luana Correa, Samara Girardi Fernandes

Resumo


A depreciação corresponde à diminuição do valor de um bem do ativo imobilizado ao longo de sua vida útil, devido ao desgaste ou à obsolescência tecnológica. É aplicada de acordo com a legislação fiscal para fins tributários e societária para fins contábeis. De acordo com os princípios de contabilidade (Resolução 750/93) e normas internacionais de contabilidade, deve-se utilizar o método mais adequado que represente da melhor maneira a utilização do bem. O objetivo desse estudo foi identificar o grau de conhecimento dos contadores dos escritórios de contabilidade de Itajaí e Navegantes/SC, e investigar quais os critérios que estão sendo adotados pelos mesmos para cálculo da depreciação. Os dados foram coletados mediante aplicação de questionário com perguntas específicas que buscam resposta à problemática levantada. O instrumento estava composto de 15 questões divididas em três grupos de 5, os quais procuraram aferir os graus de conhecimentos básicos, intermediário e avançado. O embasamento teórico buscou aprofundamento nos temas ativo imobilizado, depreciações sobre o aspecto contábil e fiscal e nos métodos de depreciação. A pesquisa foi classificada como descritiva com levantamento de dados em campo e análise quantitativa. Os resultados apontaram que os profissionais da cidade de Navegantes demostraram possuir conhecimentos um pouco acima dos profissionais de Itajaí.

Palavras-chave: Ativo Imobilizado. Depreciação. CPC 27.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.