Chatbot baseado em rede neural Long Short-Term Memory (LSTM): um estudo de caso baseado no livro William Shakespeare

Vinicius Dalla Corte, Vagner Kaefer Dos Santos, Dalcimar Casanova

Resumo


Chatbots vêm sendo cada vez mais utilizados nos dias de hoje por apresentarem soluções avançadas no campo da inteligência artificial, sendo capazes de oferecer grandes vantagens em aplicações comerciais. O presente artigo tem como objetivo descrever o funcionamento e implementação de um chatbot que utiliza uma rede Long Short-Term Memory (LSTM). No trabalho utilizou-se técnicas de Aprendizado de Máquina e Processamento de Linguagem Natural para demonstrar a rede LSTM que consegue compreender a escrita da língua portuguesa redigido em um livro de contos. Após o treinamento, o chatbot recebe uma frase e continua a sua escrita até um limite de caracteres pré-definido. Obteve-se melhores resultados com cerca de cem até quatrocentas épocas de treinamento, apresentando uma porcentagem de acerto de até 87% em relação à escrita correta da gramática formal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.