TESTES PRELIMINARES DE CRESCIMENTO COM UMA CEPA DA MICROALGA PRODUTORA DE ASTAXANTINA Haematococcus pluvialis (CHLOROPHYCEAE,VOLVOCALES)

R. CAVALHEIRO, L. RÖRIG, J. D. FONTANA, M. PESSATTI

Resumo


Este trabalho descreve um experimento preliminar de crescimento com uma cepa da microalga produtora de astaxantina Haematococcus pluvialis (Chlorophyceae, Volvocales). Cultivos com 4 composições diferentes de células em termos de proporção e coloração de aplanósporos e macrozoóides, foram submetidos à 20°C ± 2°C, 70µE.m-2.s-1, fotoperíodo de 12 horas de luz : 12 horas de escuro e meio de cultura adequado por cerca de 900 horas. Alíquotas de 2 ml eram retiradas periodicamente ao longo do experimento para a determinação da densidade de células e construção das curvas de crescimento. Os resultados indicaram um padrão de crescimento similar para todos os frascos de cultivo, onde os macrozoóides predominavam nos primeiros dias sendo substituídos gradualmente por aplanósporos, que tornaram-se dominantes em torno de 300 horas. A densidade máxima de aplanósporos foi verificada em torno das 800 horas de experimento. O experimento como um todo, mostrou que a cepa testada é viável, podendo ser utilizada para experimentos específicos de determinação das condições ótimas de crescimento e produção de astaxantina.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/bjast.v3n1.p73-77

(eISSN: 1983-9057, ISSN: 1808-7035)