Custos operacionais de captura da frota camaroeira do litoral norte do Estado de São Paulo: análise comparada entre valores de mercado e valores de cooperados

Venancio Guedes de Azevedo, Márcio Nora Barbosa, Patrízia Raggi Abdallah, Carmen Lúcia Del Bianco Rossi-Wongtschowski

Resumo


A pesca do camarão-sete-barbas (Xiphopenaeus kroyeri) é muito importante no litoral norte do Estado de São Paulo como uma fonte de renda e empregos. Além disso, esta atividade também fornece comércio estável para este produto. O presente estudo avaliou o Custo Operacional Total (COT) para três grupos de embarcações que participam na pescaria (G1, G2 e G3), dependendo de suas características físicas (comprimento da embarcação, arqueação bruta e potência do motor), com G1, incluindo as maiores embarcações com os motores mais potentes, e, em contraste, G3 com as menores arqueações brutas e o G2, um grupo intermediário entre esses dois. Os resultados indicam que o combustível (diesel) representa a maior fonte de custos para todos os grupos. Sob os regimes de valor cooperativos ou de mercado, uma pequena diferença foi encontrada nos lucros entre os três grupos de embarcações que não apresentam benefícios econômicos diretos que estimulem  adesões ao cooperativismo. No entanto, a adesão de pescadores às cooperativas ocorre devido a fortes laços entre eles e pode fornecer segurança como sobre marketing e preservação das capturas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/bjast.v18n1.p71-79

(eISSN: 1983-9057, ISSN: 1808-7035)