A Teoria do Decrescimento como Alternativa para o Mito do Crescimento Econômico Contínuo.

Charles Alexandre Souza Armada

Resumo


A sociedade contemporânea tem como ideal o consumo e a acumulação de bens. Esse consumismo desenfreado é incentivado de forma incessante pela mídia, pelo marketing e até mesmo pelos governos no sentido da continuidade do crescimento econômico como promotor do desenvolvimento. Ao longo de todo o processo, os inevitáveis impactos ao meio ambiente são simplesmente desconsiderados. A busca incessante pelo crescimento econômico tem levado o planeta a uma situação limite. O objetivo do presente trabalho é analisar a relação existente entre a busca pelo crescimento econômico contínuo e o caráter finito dos recursos naturais planetários. Também é objeto da pesquisa a análise de novos estudos e teorias que defendem, paradoxalmente, o decrescimento econômico como alternativa para um processo econômico que evite a degradação dos recursos naturais planetários e, ao mesmo tempo, privilegie o desenvolvimento humano. O trabalho foi desenvolvido com base no método indutivo e operacionalizado pelas técnicas do referente, categorias, pesquisa bibliográfica e fichamento. Depreendeu-se da pesquisa efetuada que a busca pelo crescimento econômico contínuo é incompatível com o estágio atual de demanda por recursos naturais. O entendimento equivocado do processo econômico como um moto-perpétuo vem sendo questionado pelo aprofundamento do conceito de decrescimento econômico como alternativa de moderação do ciclo consumo/produção/descarte.
Palavras-Chave: Consumo. Crescimento Econômico. Decrescimento Econômico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.