Demonstração do Valor Adicionado (DVA): análise comparativa da distribuição da riqueza gerada por uma Instituição de Ensino Superior.

José Carlos Terres, Aline Andriani Silva, Bruna Luiz, Soraia Martins, Nathiara Giacomossi

Resumo


A Demonstração do Valor Adicionado (DVA) é um componente do Balanço Social que tem por objetivo demonstrar a capacidade de geração da riqueza e sua consequente distribuição para os elementos que contribuíram para a sua formação. Esta pesquisa teve como objetivo analisar comparativamente as demonstrações do valor adicionado de três exercícios em uma instituição de ensino superior localizada no estado de Santa Catarina. O referencial teórico tratou sobre o Balanço Social e a Demonstração do Valor Adicionado. Metodologicamente, constituiu-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva e estudo de caso. Os indicadores de geração de riqueza apontam que os ativos totais da instituição estão a cada exercício contribuindo mais, passando de 48,65% do ativo total em 2012, para 59,95% em 2014. Em relação aos empregados, houve uma evolução positiva de 42%. Em 2014, cada colaborador contribuía em média com R$ 110.411,00 para a riqueza total gerada. No que se refere à distribuição da riqueza, observa-se que a maior participação em todo o período é do pessoal, com uma média de 74,10% do total. A segunda maior participação ficou com as atividades filantrópicas, com uma média de 18,66%. Na sequência, estão os juros e os aluguéis, com 4,75%, seguido das bolsas de estudos, 3,35%, e governo, com 0,12%.
Palavras-chave: Demonstração do Valor Adicionado. Riqueza. Balanço Social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.