A Imagem do Contador pela Percepção Pública: um estudo sobre o nível de estereotipagem acerca destes profissionais

Isaura Maria Longo, Gabriel de Almeida, Anderson Reuter, Daniel Weber, Marcelo Ramos, Ademir Meurer

Resumo


Estereótipos são frutos de representações sociais definidas por um contexto histórico, social e cultural. Vistos como generalizações, nem sempre corretas, os estereótipos podem traduzir uma visão excessivamente simplificada sobre uma situação, acontecimento ou grupo social. A partir desses
indicadores, o estudo objetivou verificar se os contadores são estereotipados de forma negativa pela percepção pública. As categorias apontadas por Azevedo (2010), usadas na análise, foram: Criatividade, Dedicação aos estudos, Trabalho em equipe, Comunicação, Liderança, Propensão ao risco e Ética.
Os dados obtiveram-se com questionários com perguntas fechadas e aplicados de modo aleatório. Na avaliação, utilizaram-se dois métodos, um de atribuição por conceito e outro de atribuição por nota. As médias foram comparadas, utilizando-se o teste t de student e os resultados demonstraram que
os profissionais de contabilidade não são estereotipados negativamente em nenhuma das categorias estudadas. Das variáveis consideradas, a que teve maior relevância foi a Ética, avaliada positivamente. Os quesitos Criatividade e Propensão ao risco foram avaliados como sendo os menos positivos.
Palavras-chave: Estereótipos. Representações sociais. Profissional contábil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.