O Obstáculo Cultural nas Negociações Brasileiras com os Chineses

Luciane Gobbo Brandão, Evelyn Santos Antunes

Resumo


Objetivando identificar a realidade da diversidade cultural nas negociações brasileiras com os chineses, o presente trabalho aborda temas como: as negociações internacionais, a importância do conhecimento da cultura no cenário internacional, bem como o perfil do negociador brasileiro e do negociador chinês. Entende-se como cultura os padrões comportamentais, tais como costumes, por exemplo. O conhecimento da fundamentação das negociações internacionais também é de suma importância para melhor entendimento do obstáculo cultural demonstrado neste trabalho. As negociações envolvem pessoas e por este motivo são complexas, pois as pessoas são diferentes e imprevisíveis, o sucesso ou o fracasso da negociação não é feito com cálculos matemáticos e previsíveis, pelo contrário, por envolver questões comportamentais, são complexos e imprevisíveis. Diante deste cenário, o negociador deve ter conhecimento e muita cautela quando for negociar, principalmente perante uma cultura tão diferenciada, como a cultura
chinesa. Este país superpopuloso nos últimos anos tem se destacado pelo seu acelerado crescimento. Após muito tempo sendo fechada, a China abriu-se para o mundo há poucos anos, e a partir deste momento o mundo começou a entender suas tradições, costumes, religiões e crenças tão diferenciadas do ocidente. Perante a globalização e o desenvolvimento da China, os países devem estar cientes da necessidade de concretizar negócios com este país. Desta forma, características de negociadores brasileiros são destacadas neste trabalho, bem como as características dos chineses para melhor ciência da diversidade cultural entre ambos.

Palavras-chave: Negociação Internacional. Diversidade Cultural. Comércio Exterior.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.