BASBASES INFORMACIONAIS TRANSPARENTES: VITALIDADE DA DEMOCRACIA E DA JUSTIÇA SOCIAL

Neuro José Zambam

Resumo


O objetivo deste artigo é demonstrar a relevância do conhecimento, do acesso e da transparência das bases informacionais, especificamente dos ativos financeiros circulantes no mundo, para o planejamento e a efetivação das políticas sociais que visam à diminuição das gritantes desigualdades sociais. Apesar do acelerado processo de globalização, as democracias contemporâneas enfrentam o problema da ausência de informações seguras e com credibilidade, o que impede a equidade social e fomenta práticas políticas e administrativas perversas. A fundamentação do tema, cujo interesse não integra o debate público, é relevante para a comunidade acadêmica, os políticos, líderes e gestores com responsabilidade pública porque os prepara para a atuação profissional e política em que o conhecimento da realidade e dos recursos disponíveis são essenciais para a justiça social, ou seja, o bem comum. O distanciamento da política e da economia da avaliação moral, amplamente denunciados por Thomas Pekety e Amartya Sen, contribui para atrofiar a democracia e seus protagonistas.

 


Palavras-chave


Base informacional. Credibilidade. Distribuição de renda. Globalização. Justiça Social.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Sérgio Ricardo Fernandes de; ZAMBAM, Neuro José. As contradições do capitalismo

no Século XXI e sua metamorfose pela democracia e justiça. In: Scientia Iuris, v. 20, n.2,

p.107-140, jul. 2016.

COMIM, Flavio; MAZAFFAR, Qizilbash; ALKIRE, Sabina. The capability approach: concepts,

measures and applications. Cambridge: Cambridge University Press, 2008.

HÖFLING, Eloisa de Mattos. Estado e políticas (públicas) sociais. In: Cadernos Cedes, ano XXI,

nº 55, novembro/2001.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO. Carlos Renato. Metodologia científica para

ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

NUSSBAUM, Martha. Crear capacidades: propuesta para el desarrollo humano. Tradução:

Albino Santos Mosquera. Barcelona: Paidós, 2012.

PASOLD, Cesar Luiz. Metodologia da pesquisa jurídica: teoria e prática. 12. ed. Florianópolis:

Conceito Editorial/Millenium, 2011.

PRADO, Maeli. Multa e imposta da repatriação somam 45,7 bilhões, diz receita. Disponível

em: . Acesso em: 02 nov. 2016.

PIKETTY, Thomas. O capital no século XXI. Tradução: Mônica B. de Bolle. Rio de Janeiro:

Intrínseca, 2014.

RAWLS, John. O liberalismo político. Tradução: Dinah de Abreu Azevedo. São Paulo:

Ática, 2000.

______. O direito dos povos. Tradução: Luis Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

SEN, Amartya. Desigualdade reexaminada. Tradução: Ricardo Doninelli Mendes. São Paulo:

Record, 2001.

______. Sobre ética e economia. Tradução: Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das

letras, 1999.

______. Desenvolvimento como liberdade. Tradução: Laura Teixeira Motta. São Paulo:

Companhia das letras, 2000.

______. A ideia de justiça. Tradução: Nuno Castelo-Branco Bastos. Coimbra, Almedina, 2010.

______. Glória incerta: A Índia e suas contradições. Tradução: Ricardo Doninelli Mendes e Leila

Coutinho. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

SOUZA, Celina. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. In: Sociologia. Porto Alegre, ano

, nº 16, jul/dez 2006.

STAFFEN, Marcio Ricardo; OLIVIERO, Maurizio. Transparência enquanto pretensão jurídica

global. A&C – Revista de Direito Administrativo & Constitucional, Belo Horizonte, a. 15,

n. 61, jul-set. 2015.

STAFFEN, Marcio Ricardo; ARSHAKYAN, Mher. The legal development of the notion of human

dignity in the constitutional jurisprudence. Revista Brasileira de Direito, Passo Fundo, v. 12, n.

, p. 108-126, dez. 2016.. Disponível em:

article/view/1560>. Acesso em: 19 mar. 2017.

ZAMBAM, Neuro José. Amartya Sen: liberdade, justiça e desenvolvimento sustentável. Passo

Fundo: IMED, 2012.

______. Introdução à teoria da justiça de John Rawls. 2. ed. Rio de Janeiro: Lumn Juris, 2015.




DOI: https://doi.org/10.14210/nej.v22n2.p512–543

eISSN: 2175-0491

Este portal é licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.