O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E ALGUMAS CONSIDERAÇõES CRÍTICAS AO MODELO ECONÔMICO CAPITALISTA

Clarissa Bueno Wandscheer, Thaís G. Pascoaloto Venturi

Resumo


O artigo investiga os desafios do desenvolvimento sustentável a partir de uma análise crítica do modelo econômico capitalista e do papel do Estado na sociedade contemporânea. Com base em ampla pesquisa bibliográfica e documental, o texto intenta avaliar em que sentido a teoria do decrescimento econômico revela-se eficiente para viabilizar maior de tutela da integridade dos direitos, permitindo a inauguração de um novo modelo que valorize a manutenção da vida dentro de parâmetros ambientalmente sustentáveis para o futuro do homem e do planeta.


Palavras-chave


Decrescimento Econômico; Desenvolvimento Sustentável; Modelo Econômico Capitalista; Responsabilidade; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALPA, Guido. Responsabilità civile e danno: lineamenti e questioni. Bologna: Il Mulino, 1991.

AMIN, Samir. Los desafíos de la mundialización. México: Ed. Siglo XXI: UNAM, 1997.

BEAUD, Michel. História do capitalismo: de 1500 até nossos dias. Tradução: Maria Ermantina Galvão Gomes Pereira. São Paulo: Brasiliense, 2004.

BONAVIDES, Paulo. Do Estado Liberal ao Estado Social. Belo Horizonte: Del Rey, 1993.

BRUNDTLAND, Gro Harlem (org.) Nosso Futuro Comum. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1991.

FREITAS, Juarez. Sustentabilidade: direito ao futuro. 2. ed. Belo Horizonte: Fórum, 2012.

GOMES, José Jairo. Responsabilidade civil e eticidade. Belo Horizonte: Del Rey, 2005.

GORENDER, Jacob. A vigência d’O Capital nos dias de hoje. In: COGGIOLA, Osvaldo (Org.). Marxismo hoje. São Paulo: Xamã, 1996.

HARVEY, David. O Novo Imperialismo. Tradução Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Loyola, 2009.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. Tradução Carlos Szlak. São Paulo: Annablume, 2006.

HIRONAKA, Giselda Maria F. Novaes. Responsabilidade pressuposta. Belo Horizonte: Del Rey, 2005.

KUHN, Thomas Samuel. A estrutura das revoluções científicas. Trad. Beatriz Vianna Boeria e Nelson Boeria. 9. ed. São Paulo: Perspectiva, 2005.

LATOUCHE, Serge. Pequeno Tratado do Decrescimento Sereno. Tradução Claudia Berliner. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

MARQUES, Luiz. Capitalismo e o colapso ambiental. Editora Unicamp, 2015.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. V.2. São Paulo: Círculo do livro, 1996.

MÉSZÁROS, István. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição. Tradução de Paulo Cezar Castanheira; Sérgio Lessa. São Paulo: Boitempo, 2006.

NAY, Olivier. História das ideias políticas. Tradução Jaime A. Clasen. Petrópolis: Vozes, 2007.

PERLINGIERI, Pietro. Perfis do direito civil: introdução ao direito civil constitucional. 3. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2002.

POLANYI, Karl. A grande transformação: as origens da nossa época. Tradução de Fanny Wrobel. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD). A Verdadeira Riqueza das Nações: Vias para o Desenvolvimento Humano (Relatório de Desenvolvimento Humano 2010). Tradução Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD). New York, NY 10017, USA: Colorcraft of Virginia. ISBN: 9780230284456 9010.

ROBINSON, William I. Latin America and Global Capitalism: a critical globalization perspective. Baltimore: John Hopkins University Press, 2008.

ROBINSON, William I. Promoting polyarchy: globalization US intervention and hegemony. Cambridge: Cambridge University Press. 1996.

SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. Tradução Laura Teixeira Motta; revisão Ricardo Doniselli Mendes. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SMITH, Neil. La producción de la naturaleza la producción del espacio. Traducción de Claudia Villegas Delgado. México: Facultad de Filosofia y Letras, UNAM, 2006. TRIMARCHI, Pietro. Istituzioni di diritto privato. 11. ed. Milano: Giuffrè, 1996.

WOLKMER, Antonio Carlos. Ideologia, Estado e Direito. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1995.

WOOD, Ellen Meiksins. Empire of Capital. Londres-Nueva York: Ed. Verso, 2005.

WOOD, Ellen Meiksins. As origens agrárias do capitalismo. In.: Revista Crítica Marxista. São Paulo: Boitempo, n.10, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.14210/nej.v22n2.p670-699