O MULTICULTURALISMO E A POLÍTICA DE RECONHECIMENTO DE CHARLES TAYLOR

Larissa Tenfen Silva

Resumo


Este artigo tem por objetivo descrever e analisar a proposta de política de reconhecimento
desenvolvida por Charles Taylor na obra “O multiculturalismo e a política do reconhecimento”.
Para isso, procurou-se esclarecer as noções e conexões entre identidade, reconhecimento e
processo dialógico como base de justificação da proposta do autor. Num segundo momento, buscou-
se demonstrar o tipo de política de reconhecimento defendida por ele para proteção dos grupos
minoritários, para, então, demonstrar a versão de Estado liberal que estaria apta a afirmar tais
políticas. Ressalta-se, que tal obra é importante para incentivar a realização, por parte das instituições
públicas, de políticas de reconhecimento da diferença para a proteção dos grupos minoritários,
bem como, de uma sólida fundamentação e justificação de base moral e filosófica para realização
dessas políticas. Para elaboração do artigo foi utilizado o método de abordagem indutivo, acompanhado
dos procedimentos monográficos e das técnicas de pesquisa documental indireta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/nej.v11n2.p313-322