REFLEXÕES SOBRE A CRISE FINANCEIRA INTERNACIONAL E O ESTADO DE BEM-ESTAR

Maurizio Oliviero, Paulo Márcio Cruz

Resumo


O presente artigo trata dos reflexos da atual crise financeira global nas estruturas do Estado de Bem-Estareuropeu. A Europa que protege foi e é um lema da União Europeia. Todavia o Estado de Bem-Estar vemsofrendo críticas na Europa desde as décadas de oitenta e noventa do século passado. A atual situação decrise intensa abre possibilidade para questionamentos dos modelos existentes de Estado de Bem-Estar sobdiversos ângulos, colocando dúvidas sobre a atual oportunidade e viabilidade do mesmo. O objetivo desteartigo é incitar a discussão acerca dos limites e do destino próximo do Estado de Bem-Estar frente à crisefinanceira internacional.


PALAVRAS-CHAVE: Estado de Bem-Estar. Crise Financeira Internacional. Europa. União Europeia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/nej.v18n2.p212-223