A FRATERNIDADE COMO BASE POLÍTICA DA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

Fabiana Marion Spengler

Resumo


O presente texto tem por objetivo delimitar a fraternidade como categoria política fundamental da mediação de conflitos apontando sua importância na reconstituição da comunicação rompida entre os conflitantes. Além disso, mediante a utilização do método dedutivo, aborda os vínculos entre o conceito de fraternidade e de alteridade num viés que priorize as multifacetadas relações existentes entre essas categorias e a mediação de conflitos.


Palavras-chave


Fraternidade. Alteridade. Amizade. Comunicação. Mediação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/nej.v20n1.p371-397

eISSN: 2175-0491

Este portal é licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.