A OBSOLESCÊNCIA DO CAPITAL HUMANO NAS EMPRESAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO NA ASSOCIAÇÃO INTERNETSUL

FERNANDA ROCHA BORTOLUZZI, DENISE GENARI, JANAINA MACKE

Resumo


O capital humano contempla o conjunto de habilidades, capacidades e conhecimentos de cada trabalhador, caracterizando-se como um importante elemento para fomentar a capacidade de inovação e a criação de vantagens competitivas sustentáveis, principalmente nas organizações intensivas em conhecimento, tais como as empresas que atuam na área de tecnologia da informação. Neste sentido, as corporações necessitam monitorar constantemente seus estoques reais de capital humano, avaliando, inclusive, a sua obsolescência. A partir destas perspectivas, o presente estudo objetiva caracterizar a obsolescência e os aspectos vinculados à aquisição do capital humano no contexto das empresas de tecnologia de informação. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa de cunho qualitativo e quantitativo nas empresas vinculadas à Associação dos Provedores de Serviços e Informações da Internet (INTERNETSUL). Como principais resultados, identificou-se que os profissionais com formação em nível técnico e superior afirmam apresentar menores níveis de obsolescência do capital humano. Além disso, como formas predominantes de reduzir a depreciação de competências, destacaram-se o ensino superior e os cursos específicos na área. Por fim, em relação ao perfil dos profissionais, identificou-se que a autoaprendizagem é predominante em trabalhadores do gênero masculino, enquanto que profissionais com maiores níveis de escolaridade e tempo de experiência dispendem mais tempo para as atividades de aprendizagem no trabalho.

Palavras-chave


Capital Humano. Organizações Intensivas em Conhecimento. Obsolescência do Capital Humano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v24n4(Out/Dez).p513-534

Direitos autorais 2018 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.