POLICIAMENTO COMUNITÁRIO: FATOR ESTRATÉGICO PARA IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICA PÚBLICA DE SEGURANÇA

Deborah Moraes Zouain, Vicente Riccio Neto, José Luis Cardoso Zamith

Resumo


O artigo aponta aspectos necessários a um novo modelo de gestão organizacional para implantação do policiamento comunitário, identificando pontos importantes para tornar esta política pública de segurança eficaz. Buscou identificar a estratégia do policiamento comunitário, pressupostos e benefícios à sociedade. Verifica ainda as mudanças necessárias para implantação de novo modelo de gestão. Conclui que não se pode mais admitir a atividade de policiamento dissociada de um universo maior, onde não se deve procurar apenas resolver o problema, mas, também, atender aos anseios do cidadão. Além disso, um novo enfoque policial envolvido no processo de compreensão do relacionamento existente entre dois atores (polícia/comunidade) trará benefícios ímpares ao desenvolvimento de políticas públicas e aos caminhos para a diminuição da exclusão social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v13n3.p373-388

Direitos autorais 2008 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.