A INFLUÊNCIA DAS MÍDIAS SOCIAIS NO WORK-LIFE BALANCE: UM ESTUDO NO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA – IFSC

Luciano Trentin, Josué Vogel

Resumo


Nesta pesquisa, as mídias sociais e o work-life balance (equilíbrio entre trabalho e vida) são analisados a partir do contexto institucional, tendo como objetivo analisar a influência das mídias sociais no work-life balance. A coleta de dados foi realizada por questionário composto por 51 perguntas em um conjunto de cinco dimensões, aplicado por meio da plataforma virtual do “Google Forms”. Para a realização do estudo, foi aplicada uma survey descritiva, contando com a participação de 228 docentes do Instituto Federal de Santa Catarina [IFSC]. Por meio da técnica estatística de regressão logística foi possível verificar a interferência do uso das mídias sociais no ambiente de trabalho na perspectiva dos docentes. Conclui-se ainda que os docentes usuários de mídias sociais avaliam seu acesso de forma não habitual, ocorrendo algumas vezes durante a jornada de trabalho. Analisou-se a influência do uso das mídias sociais no work-life balance, e com base nas respostas coletadas, compreendendo-se que às mídias sociais impactam moderadamente no work-life balance.

Palavras-chave


Mídias Sociais. Work-life Balance. Docente. Instituição Superior de Ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v26n2(Mai/Ago).p183-197

Direitos autorais 2019 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.