MÍDIA SOCIAL E FELICIDADE: PERSPECTIVAS A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS DE VIAGEM

Samara Jane Effting Vieira, Fabrícia Durieux Zucco, Luiz Carlos da Silva Flores, Christian Daniel Falaster

Resumo


É constante a busca pelo entendimento do papel das redes sociais na vida das pessoas e o que a intensidade de seu uso representa. No que se refere às viagens, existem estudos acerca do compartilhamento, na internet, das experiências vivenciadas pelos viajantes, apontados por Ek Styvén e Foster (2018), Jadhav et al. (2018), Sedera et al. (2017), Sigala (2016), Bilgihan et al. (2016), Munar e Jacobsen (2014), e o quanto as viagens contribuem para a elevação da sua autoestima e felicidade, visto por Olague de La Cruz, Flores Villanueva e Garza Villegas (2017), McCabe e Johnson (2013) e Abou-Zeid e Ben-Akiva (2012). O presente estudo visa compreender a relação entre a felicidade e o uso das redes sociais nas experiências de viagem. Por intermédio de um survey, realizou-se uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, com pessoas que desfrutaram de alguma experiência de viagem de turismo nos últimos dois anos. Foi utilizada uma amostra com 411 respostas válidas em um questionário estruturado de modo a identificar a relação entre a felicidade, a experiência na viagem e as redes sociais. Constatou-se que a intensidade do uso das redes sociais influencia o compartilhamento das experiências de viagem. Evidenciou-se, igualmente, que o bem-estar, proporcionado na última viagem, colabora para que o viajante se sinta satisfeito com a sua vida e seja mais feliz.

Palavras-chave


Redes Sociais. Experiência de Viagem. Felicidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/alcance.v27n1(Jan/Abr).p33-46

Direitos autorais 2020 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.