A EXPERIÊNCIA DE TER SIDO EMPREGADO E A VISÃO DO EMPREENDEDOR

Sandra Regina da Rocha Pinto, José Roberto Gomes da Silva, Claudia Duarte Soares

Resumo


Este estudo analisa de que forma a experiência profi ssional como empregado formal infl uencia o
desenvolvimento do empreendedorismo. A pesquisa, de natureza qualitativa, abordou indivíduos residentes
no Rio de Janeiro, com curso de graduação completo e que tinham vivido, por pelo menos cinco anos, a
situação de empregados em organizações, antes de se tornarem empreendedores de seus próprios negócios,
por intermédio da criação de empresa, da autonomia ou da terceirização. Os resultados mostram que a
experiência na condição de empregados propiciou aos indivíduos aprendizados importantes. Contudo, as
condições organizacionais nem sempre favoreceram o desenvolvimento das competências de que hoje
necessitam. Percebe-se, também que, em parte, a motivação para a mudança foi gerada por insatisfações
com o contexto vivido nas organizações.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v17n3.p278-294

Direitos autorais 2010 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.