O CONTEXTO COMPETITIVO NACIONAL E A RELEVÂNCIA ESTRATÉGICA DAS SUBSIDIÁRIAS DE CORPORAÇÕES MULTINACIONAIS ESTRANGEIRAS NO BRASIL

Moacir de Miranda Oliveira Jr, Felipe Mendes Borini, Arnoldo José Hoyos Guevara

Resumo


O propósito deste artigo é analisar a influência das condições do contexto competitivo no desenvolvimento de Subsidiárias com Relevância Estratégica (SRE) no Brasil. Foi realizada uma pesquisa de caráter exploratório com uma amostra de 118 das 1.000 maiores subsidiárias de capital estrangeiro no Brasil. Os resultados mostram que as políticas do governo desempenham um papel central para o desenvolvimento das SREs no país. Além disso, os setores com uma orientação competitiva global, em vez de puramente local, apresentam maior probabilidade de desenvolver SREs. Em oposição à literatura hegemônica, os fatores relacionados ao “diamante” da vantagem competitiva nacional (PORTER, 1990), não mostraram nenhuma correlação significativa com o desenvolvimento de SREs em uma grande economia em desenvolvimento, como a do Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/alcance.v12n1.p27-44

Direitos autorais 2008 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.