AVALIANDO MODELOS DE COMPETÊNCIAS A PARTIR DE UM CICLO INTERLIGADO DE LEGITIMAÇÃO E VALIDAÇÃO QUALITATIVA

Luciano Munck, Mariana Gomes Musetti Munck, Rafael Borim de Souza

Resumo


Por meio deste artigo, propõe-se um ciclo interligado de legitimação e validação qualitativa de modelos de competências. Para tanto, buscou-se compreender a origem e a evolução dos estudos sobre as competências; analisar alguns modelos de competências com suas respectivas estratégias de operacionalização; e inter-relacionar as proposições advindas de estudos relacionados à pesquisa qualitativa com as contribuições existentes sobre processos de validação de modelos de competências e com o caminho metodológico percorrido por Markus, Cooper-Thomas e Allpress (2005). Este é um estudo teórico, classificado metodologicamente como uma pesquisa básica, qualitativa, exploratória e bibliográfica. O ciclo proposto é composto por três etapas: definição constitutiva, validade de construto (validade de conteúdo, validade de face e confiabilidade) e validade preditiva. A proposição deste ciclo interligado de legitimação e validação qualitativa de modelos de competências pretende auxiliar as organizações a descreverem suas realidades, inclusive com suas diferenças e contradições, para então desenvolverem soluções de gestão coerentes com seus respectivos modelos de competências.

Palavras-chave


Avaliação. Competências. Modelos de Competências. Organizações. Validação Qualitativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/alcance.v19n4.p519-535

Direitos autorais 2013 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.