INTERNALIZATION THEORY AND THE INTERNATIONALIZATION DECISION BY BRAZILIAN FIRMS

Ronald de Oliveira Concer, Frederico Araujo Turolla

Resumo


Este artigo avalia a aplicabilidade da teoria de internalização da empresa multinacional, baseada na Economia dos Custos de Transação (WILLIAMSON, 1985) e na abordagem de Buckley e Casson (1976), na explicação da internacionalização das empresas brasileiras. O material utilizado compreende duas listas de transações, quais sejam, a lista dos dez principais produtos exportados pelo Brasil e a lista dos produtos das dez principais transnacionais brasileiras. São definidas três dimensões relacionadas aos custos de transação: frequência das transações, incerteza e especificidade de ativos. Os resultados apontam para um índice levemente mais elevado de custos de transação para as transações que são sujeitas ao investimento direto, relativamente à média das exportações, dando assim suporte às predições da teoria.

Palavras-chave


Negócios Internacionais. Internalização. Investimentos Diretos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v20n3.p294-308

Direitos autorais 2013 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.