RELAÇÕES ENTRE GESTÃO DO CONHECIMENTO, INOVAÇÃO E FATURAMENTO: UM ESTUDO EM EMPRESAS GRADUADAS NO ESTADO DO PARANÁ / RELATIONSHIPS BETWEEN KNOWLEDGE MANAGEMENT, INNOVATION, AND REVENUE: A STUDY OF GRADUATED COMPANIES IN THE STATE OF PARANÁ

Cicero Aparecido Bezerra, Carlos Olavo Quandt

Resumo


As incubadoras de empresas de base tecnológica (EBTs) têm graduado organizações a partir de processos baseados em inovação e Gestão do Conhecimento (GC). Uma vez identificada a carência de pesquisas que abordam elementos de GC e relacionam o uso de recursos de conhecimento em ETBs, o presente estudo busca encontrar associação entre a eficácia de práticas de GC e os investimentos em elementos de inovação e faturamento de EBTs graduadas por incubadoras. Trata-se de um estudo exploratório que empregou análises multi e bivariadas, que identificaram agrupamentos formados por empresas com características semelhantes em relação à eficácia da adoção de práticas de GC, investimentos em elementos associados à inovação e faturamento. O estudo foi realizado junto a 52 EBTs graduadas em incubadoras do estado do Paraná. Os resultados mostram que empresas que apresentaram maior faturamento também são aquelas que percebem maior eficácia nas práticas de GC adotadas e que mais investem em elementos de inovação. Por outro lado, as empresas classificadas nas faixas de menor faturamento se agrupam apenas pelas menores percepções de eficácia das práticas de GC. Além disto, evidencia-se que os percentuais do faturamento investidos em elementos de inovação são maiores nas micro e médias empresas – as organizações de pequeno porte demonstraram investir menos em inovação do que aquelas classificadas nas demais faixas de faturamento.
Palavras chave: Gestão do Conhecimento. Inovação. Faturamento.

Abstract
Incubators of technology-based firms (TBFs) have been graduating companies through processes based on innovation and Knowledge Management (KM). This study aims to find the relationship between the efficiency of KM practices, investment in innovation, and revenues of TBFs graduated from incubators. It is an exploratory study that uses multi- and bivariate analysis, identifying groups formed by companies with similar characteristics in terms of the effectiveness of the adoption of KM practices, investments in elements associated with innovation, and turnover. The study was carried out with 52 TBFs graduated from incubators in the state of Paraná. The results show that companies with higher turnover also perceived more efficiency in their adopted KM practices, and invested more in innovation. Conversely, a common characteristic among the companies with lower turnover is the lack of perceived efficacy of their KM practices. Furthermore, it is evident that the percentages of sales invested in innovation are higher in micro and medium enterprises, while small organizations invested less in innovation than those with other levels of turnover.
Key words: Knowledge Management. Innovation. Turnover.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v22n2.p262-277

Direitos autorais 2015 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.