DIMENSÕES DO EMPODERAMENTO FEMININO: AUTONOMIA OU DEPENDÊNCIA?

Taize dos Santos Fernandes, Gisele Silveira Coelho Lopes, Melissa Watanabe, Cristina Keiko Yamaguchi, Christiane Kleinubing Godoi

Resumo


Este estudo objetiva compreender as manifestações das dimensões do empoderamento entre mulheres empreendedoras do município de Forquilhinha, SC. O empreendedorismo e o empoderamento feminino constituem os temas centrais contextualizados teoricamente neste trabalho. Para alcançar o objetivo proposto, esta pesquisa se caracteriza como descritiva, qualitativa e com amostragem não probabilística por acessibilidade. A técnica de coleta dos dados foi a entrevista qualitativa com roteiro semiestruturado elaborado com base nas dimensões do empoderamento alinhadas à iniciativa empreendedora para abrir o próprio negócio, aplicada a 15 mulheres lojistas. Os resultados evidenciaram que o empreendedorismo oportunizou às entrevistadas o empoderamento econômico, tendo em vista que as afirmações se concentraram na ampliação da renda, na independência financeira e autovalorização. Nas dimensões psicológica, educacional, política e familiar as entrevistadas demonstraram certo grau de dependência de outras pessoas, insegurança na tomada de decisão e direcionamento do próprio negócio.

Palavras-chave


Empoderamento. Empreendedorismo. Gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v23n3(Jul-Set).p391-413

Direitos autorais 2016 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.