A CISTERNA QUE CAIU DO CÉU: POLÍTICAS PÚBLICAS E DESENVOLVIMENTO LOCAL NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Martin Jayo, Eduardo de Lima Caldas

Resumo


Dona Josefa e sua afilhada Aninha residem no município fictício de Riacho Seco, no semiárido brasileiro, e têm uma história pessoal marcada pelas dificuldades impostas pela seca. A partir da história ficcional dessas duas mulheres, o caso de ensino convida o leitor a refletir sobre dois programas reais de política pública voltados à convivência com a seca: o Programa 1 Milhão de Cisternas e o Programa Água Para Todos. Será que Dona Josefa (atendida pelo primeiro) e Aninha (atendida pelo segundo) tiveram suas vidas afetadas da mesma maneira? Ou é possível antever resultados diferentes? O caso é construído para que o estudante se coloque no papel do gestor público e compare essas duas alternativas de programa. Ele foi pensado para uso em cursos de graduação, especialização ou mestrado profissional em Administração Pública, Gestão de Políticas Públicas, Gestão Social e Serviço Social, em disciplinas que tenham por objeto a avaliação de políticas públicas e programas sociais. Pode ser usado também em disciplinas que abordem o desenvolvimento em sua dimensão local/territorial.

Palavras-chave


Avaliação de políticas públicas. Continuidade/descontinuidade de políticas públicas. Tecnologia apropriada. Desenvolvimento local.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v24n2.p272-284