POTENCIAL EMPREENDEDOR DE EMPRESÁRIAS DO SETOR TURÍSTICO DE FLORIANÓPOLIS (SC)

Maria José Barbosa de Souza, Fernanda de Magalhães Trindade, Robson Freire, Franciane Reinert Lyra

Resumo


O empreendedorismo feminino é um assunto de interesse na atualidade como um fator que exerce impacto nas políticas macroeconômicas dos países. Por essa razão, os estudos sobre gênero em empreendedorismo são reconhecidos por organismos internacionais que estimulam essas iniciativas, fato que motiva o interesse de acadêmicos em pesquisar o assunto. Com o objetivo de analisar o potencial empreendedor das proprietárias de empresas do setor turístico de Florianópolis (SC), foi realizado um estudo descritivo, com 35 empresárias dessa atividade econômica. Os resultados revelaram que 68% das entrevistadas classificam-se como empreendedoras, de acordo com o instrumento desenvolvido por Carland, Carland e Hoy (1992), com média de 19,9 em um total de 33 pontos possíveis. Os testes estatísticos comprovaram a existência de diferenças significativas entre as médias obtidas por esse segmento e as demais entrevistadas, nos fatores traços de personalidade, postura estratégica e propensão ao risco. Porém revelou que não existe associação significativa entre potencial empreendedor e idade, escolaridade e renda da empreendedora e nem com o ramo de atividade e o tempo de existência da empresa.

Palavras-chave


empreendedorismo feminino; potencial empreendedor, turismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/alcance.v23n4(Out-Dez).p455-474

Direitos autorais 2017 Revista Alcance

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.