PROPOSTA DE UM SISTEMA DE COMPARTILHAMENTO DE BICICLETAS COMO ALTERNATIVA PARA A MOBILIDADE URBANA NO MUNICÍPIO DE JOINVILLE – SC

Nilton Manoel Lacerda Adão, Josiane Signorati Auras

Resumo


O compartilhamento de bicicletas é uma solução recente para a mobilidade
urbana sustentável, que tem um papel importante na integração intermodal, tendo havido grande adesão por cidades no mundo na última década. Trata-se de um tema de grande relevância, aliando-se à meta do Plano de Mobilidade de Joinville de elevar o índice de deslocamentos por bicicletas de 11% em 2015 para 20% em 2025. Para tanto, a partir da apresentação dos pressupostos teóricos, que fundamentam os modelos de compartilhamento de bicicletas, procurou-se pesquisar a respeito dos sistemas em funcionamento nos municípios de Santos (SP) e Vitória (ES), dada a semelhança de porte populacional. Como resultado, apresentou-se uma proposta de modelo de sistema a ser aplicado em Joinville, que difere dessas cidades por propor a implementação por incremento de áreas, ao invés de aumento na densidade de estações, uma vez que a tentativa de universalizar localização afeta diretamente o nível de serviços.


Palavras-chave


Mobilidade Urbana. Compartilhamento de Bicicletas. Mobilidade Sustentável.

Texto completo:

PDF

Referências


BARIFOUSE, Rafael. Redes de bicicletas sem estações chegam ao Brasil: solução ou novo problema para as cidades? BBC Brasil, São Paulo, 02 ago. 2018. Disponível em:

brasil-45039832>. Acesso em: 01 out. 2018.

BATISTA, Edgard Antunes Dias. Bicycle Sharing in Developing Countries: A proposal towards sustainable transportation in Brazilian median cities. 2010. 112 f. Thesis (Master of Science) – Royal Institute of Technology, Stockholm.BIKESANTOS. Site. Disponível em . Acesso em: 21 nov.2018.

BIKEVITORIA. Site. Disponível em: . Acesso em: 21 nov. 2018.

BRASIL. Lei Nacional n. 12.587, de 3 de janeiro de 2012. Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Disponível em:

L12587.htm>. Acesso em: 22 set. 2018.

______. Ministério das Cidades. Mobilidade e política urbana: Subsídios para uma Gestão Integrada. Rio de Janeiro: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, 2005.

______. Ministério das Cidades. Programa Brasileiro de Mobilidade por Bicicleta: Caderno 1. Brasília: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, 2007.

CHEN, Qun; SUN, Tingyuan. A model for the layout of bike stations in public bike-sharing systems. Journal of Advanced Transportation. New Jersey, 2015. Volume 49, Issue 8, p. 884-900.

DeMAIO, Paul. Bike-sharing: History, Impacts, Models of Provision, and Future. Journal of Public Transportation, Tampa, 2009. Volume 12, Número 4, p. 41-56.

FISHMAN, Elliot; WASHINGTON, Simon; HAWORTH, Narelle. Bike Share: A Synthesis of the Literature. Journal of Transport Reviews. Abingdon, 2013. Volume 33, Issue 2, p.148-165.

FRADE, Inês; RIBEIRO, Anabela. Bicycle sharing systems demand. Journal Procedia – Social and Behavioral Sciences. London, 2014. Volume 111, p. 518-527.

FUJIWARA, Melina Yumi. Mobilidade urbana por meio da integração entre transporte coletivo e cicloviário. 2017. 111 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes e Gestão Territorial) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

GOOGLE EARTH. Banco de imagens. Disponível em: . Acesso em: 21 nov. 2018.

IBGE. Atlas do censo demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2018.

ITDP. Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento. Guia de planejamento de sistemas de bicicletas compartilhadas. Rio de Janeiro, 2014. 153 p. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2018.

JOINVILLE. Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville. Plano diretor de transportes ativos. Joinville: IPPUJ, 2016. 183 p.

LIN, Jen-Rong; YANG, Ta-Hui. Strategic design of public bicycle sharing systems with service level constraints. Journal of Transportation Research Part E: Logistics and Transportation Review, Amsterdã, mar. 2011. Volume 47, Issue 2, p. 284-294.

MORRIESEN, Cláudia. Número de ciclofaixas está longe da meta projetada em Joinville. Jornal A Notícia, Joinville, 08 mar. 2018. Disponível em

noticia/2018/03/numero-de-ciclofaixas-esta-longe-da-meta-projetada-em-joinville-10184564.html>. Acesso em: 03 set. 2018.

SANTOS. Bike Santos: viagens aumentam 83,84% relação a 2017. Prefeitura de Santos, Santos, 9 out. 2018. Disponível em: . Acesso em: 16 nov. 2018.

SEPUD: Joinville Cidade em Dados 2018. Disponível em: < https://www.joinville.sc.gov.br/wpcontent/uploads/2018/09/Joinville-Cidade-em-Dados-2018-Caracter%C3%ADsticas-Gerais.pdf>

Acesso em: 22 mar. 2019.

VITORIA. Bike Vitória: 623 mil viagens já realizadas e 92,5 mil ciclistas cadastrados. Prefeitura de Vitória, Vitória, 05 nov. 2018. Disponível em: . Acesso em: 17 nov. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.14210/rbts.v6n2.p91-110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.