A experimentação animal na Universidade Federal de Goiás: elementos para uma abordagem crítica

Thales A Tréz, Priscila Camargo Reis

Resumo


A experimentação animal diz respeito a qualquer prática que faz uso de animais não-humanos para fins didáticos e/ou científicos, abrangendo a dissecação e a vivissecção. A prática advém da valoração instrumental que os animais humanos conferem aos demais, o que tem raízes muito antigas em nossa história. Este trabalho explora o posicionamento moral frente a tal metodologia entre 38 pesquisadores/professores da Universidade Federal de Goiás (Goiânia), campi I e II, que a praticam. Os resultados indicam que a maioria apresenta abertura quanto aos métodos substitutivos, embora considere que a experimentação animal seja indispensável para a ciência. Este modo de fazer ciência afeta diretamente concepções e comportamentos dos/as estudantes e atuantes das áreas biológicas em geral.

Palavras-chave


ética animal; experimentação animal; percepção de pesquisadores/as; educação científica

Texto completo:

PDF


Direitos autorais