Características e Especificidades de Brinquedos Presentes nos CMEI’s de Curitiba-Paraná

Nathália Crescêncio Palhano, Marynelma Camargo Garanhani

Resumo


RESUMO A pesquisa verificou características e especificidades de brinquedos presentes nos CMEI's de Curitiba-Paraná. Os subsídios teóricos foram os estudos de Brougère (2004); Bomtempo (1986 e 1990) e Uemura (1988 e 1999) sobre o conceito brinquedo como objeto suporte da brincadeira; Brougère (2004) e Uemura (1999) sobre o papel do educador na relação da criança com os brinquedos; Zirhut (2002) e Wajskop (2005) sobre o brinquedo no contexto da Educação Infantil e Garon (1990 e 1998), Michelet (1998) e Bomtempo (1986) referente às classificações de brinquedos. Observou-se nos CMEI`s que há grande variedade de tipos e modelos de brinquedos, classificados pela faixa etária, contudo não atendem a demanda de crianças que freqüentam os CMEI’s e, em alguns contextos, servem apenas como objeto de decoração. Em maior quantidade encontrou-se brinquedos que desenvolvem a afetividade e o intelecto, conforme a classificação de Michelet (1998). Quanto às concepções de diretoras e/ou pedagogas pode-se perceber que poucas compreendem a importância do brinquedo no contexto da Educação Infantil e suas possibilidades como instrumento pedagógico. Portanto, não atentam para suas características e especificidades no momento de adquirí-los. Palavras-Chave: Brinquedo, Educação Infantil, Instrumento Pedagógico.

Palavras-chave


Brinquedo, Educação Infantil, Instrumento Pedagógico.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais