Currículo multicultural: refletindo a educação escolar indígena

Cassia Ferri

Resumo


O presente estudo é fruto de uma pesquisa realizada junto ao Núcleo de Educação
Escolar Indígena de Santa Catarina e trata do esforço de construção de um currículo
multicultural. Neste artigo, procuramos ressaltar a necessidade de compreensão da
perspectiva multicultural, de suas relações com a educação e, conseqüentemente,
com a organização escolar. Assume-se a compreensão de multiculturalismo crítico
definida por McLaren (1997) que compreende as diferenças como produtos da
história, da cultura, do poder e da ideologia, para analisar o movimento de construção
de currículo multicultural desencadeado a partir das discussões sobre as escolas
indígenas do Estado de Santa Catarina, realizadas nestas escolas. Desta forma, o texto
compõe-se de algumas questões introdutórias sobre a perspectiva multicultural,
reflexões sobre a escola, o currículo e as “diferenças” apresentadas por muitos dos
alunos, e em seguida, de aspectos da experiência em construção de um currículo
multicultural na educação escolar indígena do Estado de Santa Catarina. Neste
último item, buscou-se refletir sobre a representação das diversas culturas dentro do
currículo, o trabalho com os conteúdos, a metodologia e a avaliação e, por fim,
foram feitas algumas pontuações sobre a formação dos professores.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais