Da medida imprecisa ao universo tecnológico: uma reflexão sobre a contribuição do conhecimento matemático para o avanço da ciência, da tecnologia e da sociedade

Nilcéia Aparecida Maciel Pinheiro

Resumo


Neste artigo, tivemos como finalidade retomar a importância do conhecimento
matemático e a sua relevância para as ciências, para a tecnologia e para a sociedade
de forma geral, à partir de um enfoque histórico sobre a idéia de precisão.
Procuramos ressaltar, que em uma época anterior a Galileu, a sociedade tinha a
crença de que nosso mundo jamais poderia ser matematizado, pois nosso
cotidiano sempre foi um contexto do impreciso, do “mais ou menos” e do
aproximadamente. Não havia a necessidade de medir, pesar, contar, ou seja, não
havia a necessidade de fazer previsões e de entender o mundo num pensamento
mais abstrato. Porém à partir de Galileu, começou-se a aplicar a matemática
para resolver os problemas da matéria, quantificando os objetos, tornando a
ciência matematizável e transformando o mundo do “mais ou menos”, o que
impulsionou profundas transformações científicas e tecnológicas. A matemática foi o moto propulsor para que a ciência moderna pudesse alcançar significativo
avanço. Com essa reflexão, visamos ressaltar que a gênese do conhecimento
matemático, teve grande parte de suas bases voltadas para a resolução dos
problemas da humanidade e que o trabalho com esse conhecimento em sala de
aula, jamais deve deixar de ressaltar essas importantes contribuições. É preciso
que a matemática possa ir além de um simples instrumento. Precisamos resgatar
seu poder reflexivo, avaliativo e questionador, formador de competências e
habilidades que leve os alunos a agir como cidadãos críticos e reflexivos de sua
realidade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais