A constituição do ser político: uma análise do filme “O enigma de Kaspar Hauser”

Simone Dalla Barba Walckoff, Sandra Pereira Lira

Resumo


RESUMO:Este estudo fenomenológico buscou refletir sobre a questão da liberdade a partir da análise do filme “O Enigma de Kaspar Hauser” . Tal análise foi inspirada, especialmente, pelo pensamento de Hannah Arendt. Ao longo deste trabalho desvelaram-se questões como: a (Des)naturalização do desenvolvimento humano, a importância da relação com o outro no processo de desenvolvimento, o processo de aprendizagem e a importância da ausência e presença dos outros. Por fim, este estudo aponta a condição da pluralidade humana como fundamental no processo de constituição identitário e da liberdade humana. Descritores: Liberdade, política, fenomenologia ABSTRACT: This phenomenological benefication sought to reflect about the issue of the liberty from the review of the movie “The enigma of Kaspar Hauser”.That analysis was inspired, especially, from the cogitation of Hannah Arendt about the phenomenon of liberty.Along this benefication, was unveiled issues like; the (des)naturalization of the human development, the significance of the relationship in the process of expansion, the process of learning and the significance of the absence and presence of others.Lastly, this benefication points the condition of human plurality as the responsable for the constitution in the process of identity. And will be throught this singularity that the man will submit as a free human being. Key-words: Liberty, political, phenomenology

Palavras-chave


Política;educação;liberdade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/contrapontos.v13n1.p6-14

Direitos autorais