UM POSSÍVEL CAMINHO... DE UMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL CONVENCIONAL E CONSERVADORA PARA UMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA E TRANSFORMADORA

Cristine Gerhardt Rheinheimer, Teresinha Guerra

Resumo


RESUMO
Realizamos a pesquisa na rede municipal de ensino de Arroio do Meio/RS, no período de 2005 a 2008, envolvendo seis escolas de Ensino Fundamental Completo, onde atuam 129 professores e estão matriculados 1653 alunos. No presente artigo, tivemos como objetivo realizar uma análise/interpretação comparativa a partir dos dados dos questionários aplicados no início (2005) e no final da pesquisa (2008). Nesse processo foram consideradas as mudanças em relação às representações de meio ambiente e educação ambiental dos professores, às representações de meio ambiente dos alunos, temas abordados, estratégias metodológicas adotadas, instrumentos e critérios avaliativos utilizados nas atividades de Educação Ambiental. A primeira coleta de dados foi realizada em 2005 com a aplicação de um questionário semiestruturado, envolvendo 50 professores e 530 alunos de 5ª à 8ª série. Após a primeira coleta de dados, investimos num processo formativo em Educação Ambiental, desenvolvido nos anos de 2005 a 2008, constituído de dois momentos interdependentes: (1) formação de um grupo de estudos sobre a temática ambiental envolvendo professores e (2) desenvolvimento de projetos de cunho socioambiental nas escolas. A segunda coleta de dados ocorreu em 2008, ao final da pesquisa, envolvendo 47 professores e 440 alunos de 5ª à 8ª série. Para a tabulação dos dados utilizamos o programa Sphnixbrasdil - versão 5.1, (2008) e a interpretação dos dados foi realizada a partir da análise comparativa dos dados coletados em 2005 com os dados coletados em 2008. A partir da comparação da análise/interpretação dos questionários aplicados no pré e pós-projeto, evidenciamos que o processo formativo em Educação Ambiental, associado a projetos educativos, oportunizou a vivência e a construção de um caminho diferente quanto à abordagem da temática ambiental trabalhada, tradicionalmente, de forma convencional e conservadora. Dessa forma, essa proposta caracteriza-se como um possível caminho para a imersão da Educação Ambiental no contexto escolar de forma crítica e transformadora.

Palavras-chave


Educação Ambiental, Processos formativos, Projetos educativos.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais