MOVIMENTOS SOCIAIS, QUESTÃO INDÍGENA E EDUCAÇÃO NO CONTEXTO DA DIVERSIDADE CULTURAL

Rosângela Célia Faustino

Resumo


O presente artigo discute a política da diversidade cultural elaborada pelos organismos internacionais a partir do final da Segunda Grande Guerra mundial. Evidencia-se a presença de ações como financiamento a pesquisas, estudos e formação de professores em diferentes países. Observa-se que pesquisadores militantes e professores seriam os responsáveis pela disseminação do ideário da igualdade cultural e do respeito às diferenças. No âmbito dos movimentos sociais atuais e, principalmente das lutas indígenas, destaca-se a presença de um discurso em defesa da demarcação das terras, direito à saúde e educação diferenciada, sob a ótica da inclusão social, porém sem questionar as bases que levam a produção das desigualdades na sociedade capitalista.

Palavras-chave


Diversidade Cultural; Questão Indígena; Movimentos Socais

Texto completo:

PDF


Direitos autorais