“CONECTAR-SE E CAIR NA REDE?” – CONCEPÇÕES DE ALUNOS UNIVERSITÁRIOS INDÍGENAS SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS E DE REDES SOCIAIS

Rosimeire Martins Régis Santos, Maria Cristina Lima Paniago Lopes

Resumo


Este artigo é parte de uma pesquisa realizada com alunos universitários indígenas que participaram de um curso de extensão de Informática Avançada e Redes Sociais oferecido pelo Programa Rede de Saberes em uma Universidade Privada. Temos como objetivo analisar as concepções destes alunos sobre o uso das tecnologias no contexto educacional, inclusive das redes sociais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada na análise e interpretação das discussões estabelecidas pelos alunos universitários indígenas por meio da interface blog, a qual possibilita a participação, a interação, a expressão e argumentação do grupo. Os resultados dessa pesquisa apontam que os alunos universitários indígenas reconhecem a necessidade de conhecer, entender, familiarizar-se às tecnologias que emergem no nosso cotidiano, inclusive as redes sociais, no sentido de utilizá-las adequadamente e criticamente nos âmbitos pessoal, profissional, social e educacional, estabelecendo, criando e recriando relações e conexões.

Palavras-chave


Tecnologias; Aluno Universitário Indígena; Inclusão digital

Texto completo:

PDF


Direitos autorais