BLOG NA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO ESCOLAR

Teresa Kazuko Teruya, Samilo Takara

Resumo


Este artigo analisa a potencialidade de se trabalhar os conteúdos dos currículos escolares de forma interativa e desenvolver a aprendizagem colaborativa do conhecimento utilizando o blog na educação. O problema é: Será que o blog pode ser uma ferramenta de produção de conhecimento no espaço escolar? A utilidade desta ferramenta online no processo de ensino e aprendizagem será analisada pelas lentes dos Estudos Culturais e na perspectiva foucaultiana sobre as interdições e a vontade de verdade dos discursos pedagógicos. As interdições no ambiente online interativo são menores do que as interdições no discurso do falante fora desses ambientes, por isso o medo de falar e ser criticado é menor. O contato mediado pelo blog permite ao produtor do discurso a previsão de algumas respostas, alguns questionamentos e verificação da validação ou não de suas ideias sem uma exposição real. Na chamada “blogosfera” há tensões entre teorias e falantes e pode ser uma ferramenta útil para o processo de interação online entre os usuários. O falante com receio de ser silenciado fica mais a vontade no blog para defender suas posições baseadas em seu arcabouço teórico e suas vivências permeadas pelas condições social, histórica e cultural como parte de seu discurso.

Palavras-chave


Mídia na educação. Aprendizagem colaborativa. Estudos Culturais. Blog.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais