EXPERIÊNCIA, DIÁLOGO E INDAGAÇÃO: A FORMAÇÃO DOCENTE COMO EXPERIÊNCIA FILOSÓFICA

Carmen Sanches Sampaio, Tiago Ribeiro, Igor Helal

Resumo


O presente texto discute acerca da possibilidade de processos formativo-investigativos a partir da experiência vivida/compartilhada com um grupo de estudos e pesquisa formado por professores/as da escola básica e da universidade, tendo como referência os princípios da solidariedade, da horizontalidade, da alteridade, da igualdade e da inclusão. Na discussão, defende-se ser a experiência vivida, a prática cotidiana, fonte de reflexão filosófica, portanto, importante no processo de formação docente.

Palavras-chave


Formação Docente; Experiência; Indagação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/contrapontos.v13n3.p160-168

Direitos autorais