A network analysis nos estudos sobre a família: teorias e aplicações

Fortunata Piselli

Resumo


Este ensaio examina o conceito de “rede social” e a sua aplicação no âmbito dos estudos sobre a família. Demonstra-se que o conceito de network pode ser empregado de maneira diferente e pode delinear o fundamento teórico de duas tradições de investigação mais importantes neste âmbito: a interpretação analítica situacional e processual e, por outro lado, o desenvolvimento da análise quantitativa das relações entre os diferentes membros do sistema social no quadro duma interpretação analítica estrutural. São apresentadas as contribuições mais interessantes das duas tradições de estudo: por um lado, parentesco, amizade e comunidade, para delinear a estrutura da comunicação e troca interpessoal; por outro lado, o mercado do trabalho e a emigração, para considerar os problemas conexos com a integração de indivíduos e famílias nos sistemas de grandes dimensões.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais