Semiótica e Epistemologia em Charles Pierce: uma abordagem introdutória

José Francisco dos Santos

Resumo


O presente artigo busca apresentar os pontos mais relevantes da semiótica de
Charles Sanders Peirce, partindo das suas categorias de primeiridade, segundidade
e terceiridade, elencadas em sua “fenomenologia”, através das quais sua divisão
dos signos em ícone, índice e símbolo faz sentido. Como o conjunto da filosofia
peirceana constitui-se num sistema interligado, no qual a lógica (semiótica) não
pode ser dissociada da metafísica e dos demais tópicos de sua divisão do conhecimento,
a apresentação dos fundamentos da semiótica nesse contexto é fundamental
para compreender seu significado. Assim, busca-se apresentar algumas
peculiaridades da teoria dos signos do autor, ressaltando-se a organicidade de
seu pensamento e a relevância epistemológica de sua semiótica.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais