Tendências curriculares que norteiam o projeto educativo do ensino fundamental nos municípios filiados à Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri)

Guilhermina Stuker, Ilisabet Pradi, Soraia L. Nürich, Verônica Gesser

Resumo


Esta pesquisa buscou investigar as tendências curriculares que norteiam os projetos
educativos do Ensino Fundamental dos municípios filiados à Associação dos
Municípios da Foz do rio Itajaí – AMFRI. Teve como intuito investigar os
desdobramentos do exercício da política curricular descentralizada, levantando
quais as tendências curriculares (tradicional, crítica ou pós-crítica) que orientam as propostas curriculares de cada município. O estudo se caracterizou como uma pesquisa
de caráter qualitativo realizado com base na análise documental e na análise de
conteúdo das propostas curriculares e de entrevistas. A pesquisa mostrou que dos
onze municípios da AMFRI apenas dois possuem proposta curricular própria. No
entanto, o contato com as Secretarias de Educação dos demais municípios permitiu
observar que há uma intenção de formulação de projeto próprio e que até o momento
da realização deste estudo, vinham se orientando na Proposta Curricular do Estado
e nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s. Além disso, a pesquisa sinalizou
que apenas um município indica em seu projeto uma orientação curricular numa
perspectiva pós-critica, enquanto que alguns parecem estar vivenciando um processo
de transição que tenta superar o tradicional para construir uma proposta que, por
vezes, parece indicar uma tendência crítica e/ou pós-critica em relação ao currículo.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais