O aluno com deficiências visuais e suas lembranças da escola

Miriam Cristina Frey de Lira, Luciane Maria Schlindwein

Resumo


Este artigo discute a questão da inclusão do aluno com diferenças visuais,
considerando suas lembranças escolares. Foram analisados três depoimentos orais
de alunos com diferenças visuais, matriculados em cursos de graduação da
Universidade do Vale do Itajaí. As análises desenvolvidas pautaram-se na
perspectiva histórico-cultural. Ficou evidente que a história escolar desses alunos
decorreu em meio a muitas dificuldades que vão desde a falta de materiais
adaptados ao isolamento em função do preconceito que a pessoa cega ou com
outras limitações visuais enfrenta cotidianamente na escola. O apoio da família,
a vontade de superação das dificuldades impostas mais pela sociedade do que
por suas limitações, a compreensão e estímulos de alguns (poucos) professores
durante essa trajetória parecem ser algumas das condições que propiciaram a
esses alunos vencerem a exclusão escolar.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais