A perspectiva panóptica dos ambientes vurtuais de aprendizagem: as estratégias técnicas e pedagógicas para acompanhamento/controle dos alunos

Daniela Karine Ramos, Fabio Rafael Segundo

Resumo


Este texto propõe a reflexão sobre os recursos de acompanhamento/controle dos alunos disponíveis em Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA). Para tanto, servem de referência as nossas leituras, reflexões, observações e dados de pesquisa a respeito destes aspectos e recursos pertinentes ao processo ensino e aprendizagem. Além disso, para enriquecer nossa reflexão resgatamos o projeto arquitetônico penitenciário sistematizado por Jeremy Bentham no século XVIII, o qual permitia uma visão privilegiada do inspetor, garantindo, assim, maior controle sobre os presos. Atualmente, as tecnologias permitem inúmeras formas de controle, que dispensam a arquitetura física e tornam mais sutis as estratégias. Destacamos os recursos para o gerenciamento e acompanhamento dos alunos em cursos a distância que utilizam AVAs. Da mesma forma que na proposta de Bentham era possível visualizar e controlar os presos a partir de um ponto de vista central, ao professor também está franqueada a possibilidade de avaliar e controlar a presença e o desempenho dos participantes de cursos a distância. Por fim, salientamos que a forma como estes recursos são utilizados refletem a prática pedagógica e sua intencionalidade, assim, podem ser utilizados para incentivar e orientar o aluno em seu estudo, como para punir e classificar.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais