Sociedade Tecnológica: um novo paradigma em favor da velha ordem?

Susana Vasconcelos Jimenez, Regina Coele Queiroz Fraga, Deribaldo Santos

Resumo


O artigo aborda o complexo científico-tecnológico na perspectiva das relações entre trabalho e educação, forjadas no contexto da crise da sociabilidade contemporânea. Nesse sentido, afronta os paradigmas dominantes afinados com o mito da sociedade tecnológica, ou do conhecimento, questionando o caráter apologético embutido no discurso em favor das novas tecnologias da informação como promotoras da inclusão social; reafirmando, ao mesmo tempo, a necessidade de superação do capital, como condição do desenvolvimento científico-tecnológico voltado à emancipação plena da humanidade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais