Pedagogia libertária: o pensamento educacional anarquista

Aracely Mehl Gonçalves

Resumo


O estudo da Pedagogia Libertária,utilizada pelos anarquistas, tem sido negligenciada em alguns cursos de licenciatura, nas aulas de História da Educação. Este artigo tem como proposta, colocar alguns dos princípios de tal pensamento pedagógico, no final do século XIX e início do século XX bem como discorrer sobre dois de seus principais educadores; Paul Robin e Francisco Ferrer y Guardia a fim de mostrar que este pensamento pedagógico se encontra ainda atual e presente em outras correntes pedagógicas que nem sempre se remetem a ele.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais