O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): repercussões de uma avaliação por competência na prática pedagógica dos professores

Beatriz Maria Boéssio Atrib Zanchet

Resumo


O ideário que vem conduzindo os sistemas de avaliação no Brasil, nos diversos níveis de ensino, assenta sobre o pressuposto que a avaliação pode proporcionar um ensino de melhor qualidade. A avaliação, como posição política, surge como subproduto da preocupação com a eficácia das escolas na execução dos objetivos de aprendizagem pretendidos e como forma de responsabilizar os professores pelo insucesso dos alunos. Algumas características evidenciadas nesses processos apontam competitividade como parâmetro para a garantia de melhor desempenho dos alunos e das escolas. O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é considerado uma oportunidade dada aos alunos de se auto-avaliar, com vistas às escolhas futuras em relação ao mercado de trabalho e a continuação de estudos em nível superior. Esse texto é parte da pesquisa desenvolvida durante o Curso de Doutorado em Educação e discute, através da análise dos depoimentos de professores, como a prática avaliativa do ENEM está repercutindo nas práticas pedagógicas no nível médio da escolarização.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais