A ressignificação da formação do professor a partir de vivências estéticas

Luciane Maria Schlindwein, Maria Luiza Passos Soares

Resumo


Neste trabalho investigamos a construção de significados e de sentidos estéticos, ou seja, o desenvolvimento da sensibilidade estética em um grupo de doze professoras da educação básica. Trata-se de uma pesquisa longitudinal, efetivada entre 2004 e 2006, totalizando seis semestres letivos. Foram realizados encontros quinzenais, nos quais as professoras envolvidas puderam vivenciar experiências estéticas no âmbito das artes visuais, da literatura e da música. Estas vivências intencionaram, por um lado, a tomada de consciência do sensível, ou seja, do olhar, do ouvir, do sentir e, por outro, e, concomitantemente, a elaboração conceitual. Todos os encontros foram videografados, transcritos e analisados na perspectiva da psicologia histórico-cultural, especialmente dos estudos de Vigotski e Bakhtin. Os resultados aqui discutidos centram-se nos encontros cujos focos foram a literatura e a música.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais