Aprendizagem na escola: a cristalização de significados

Anelise Donaduzzi, Maria Helena Cordeiro

Resumo


Este artigo relata parte da pesquisa que constitui a dissertação de mestrado da primeira autora. Nela foram investigadas as representações sociais sobre o “bom aluno” em um grupo de professoras de turmas de pré (crianças de 5 e 6 anos), da cidade de Blumenau, SC. Foi solicitado a dez professoras que organizassem os seus alunos em grupos, de acordo com critérios estabelecidos por elas próprias, justificando as classificações realizadas (Procedimento de Classificações Múltiplas – PCM). Neste artigo, foram analisados os diferentes significados que emergiram das falas das professoras quando se referiram à aprendizagem escolar, utilizando-se como referencial a teoria das representações sociais. Foi constatado que, para as professoras, a aprendizagem escolar está fortemente relacionada às atitudes e comportamentos das crianças que, por sua vez, são condicionados pelo apoio que recebem, ou não, de suas famílias. Em momento algum as professoras questionaram o papel da cultura escolar na manutenção e na reprodução dessas dificuldades.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais