Freire, Dussel e Kohlberg: da vulnerabilidade à autonomia

Roque do Carmo Amorim Neto, Margaréte May Berkenbrock Rosito

Resumo


A vulnerabilidade é uma categoria essencial da condição de existência humana. Em estreita correlação com o princípio de autonomia é eixo fundamental para a reflexão da dimensão da ética na intervenção educativa no contexto da globalização. É na articulação entre os autores Freire, Dussel e Kohlberg que se sustenta a reflexão sobre a intervenção educativa, com apelo para as questões de educação moral que envolvem os conceitos de autonomia e vulnerabilidade, suas implicações para a vida em comunidade, em grupo, em sociedade, numa determinada cultura e a relevância social desses conceitos para compreender a intervenção educativa no sentido de formar as pessoas para a autonomia.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais