Pode alguém ser um educador sem ser opressor? Reflexões acerca da ética e da pedagogia crítica

Ludmila de Vasconcelos Machado Guimarães, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque

Resumo


Este trabalho é uma refl exão acerca da ética e da pedagogia crítica a partir da perspectiva de Paulo Freire. Com o intuito de se entender mais claramente o processo educacional atual, buscou-se resgatar as abordagens principais que participaram da formação deste processo, já que cada uma destas implica diferentes práticas educacionais. O que se pôde observar é que, apesar das várias abordagens existentes, duas correntes caracterizam o sistema de ensino atual: uma que atenda às exigências do mundo produtivo, e outra que busca o desenvolvimento de uma cultura crítica e fundamentada, capaz de acenar como uma condição emancipatória. Buscamos, neste artigo, trazer à tona a questão da ética no ensino como forma de emancipação dos sujeitos. Assim, a partir da leitura do papel do professor na formação dos alunos, analisamos a perspectiva crítica da educação como projeto adequado para o desenvolvimento ético dos alunos na escola e na sociedade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais